Quais Exames Confirmam o Diabetes?

Os principais sintomas da diabetes costumam ser sede intensa, urina em excesso e coceira no corpo, e podem se manifestar em qualquer idade. No entanto, a diabetes tipo 1 costuma surgir principalmente durante a infância e adolescência, enquanto a diabetes tipo 2 está mais relacionada com o excesso de peso e a má alimentação, aparecendo principalmente após os 35 anos de idade.

Assim, na presença destes sintomas, principalmente se também existirem casos de diabetes na família, é recomendado fazer exames laboratoriais para saber se você é ou não diabético.

Existem 4 exames diferentes que podem confirmar a diabetes: glicose em jejum, teste de glicemia capilar, teste de tolerância à glicose e o teste da hemoglobina glicada.

Exame de glicose em jejum
O exame da glicose em jejum é o exame de sangue convencional, que deve ser feito depois de um jejum de pelo menos 8 horas. Os resultados do exame podem ser:

Normal: menor do que 110 mg/dl;
Risco de diabetes: entre 110 e 126 mg/dl;
Diabetes: maior do que 126 mg/dl.
Caso o resultado seja risco de diabetes, é preciso fazer mudanças no estilo de vida, como alterar a dieta e fazer atividade física, para prevenir o aparecimento da doença. No entanto, quando o diagnóstico da doença é confirmado, além das mudanças no estilo de vida, também é necessário tomar medicamentos e, em alguns casos, insulina.

Teste de glicemia capilar
O teste de glicemia capilar é o teste da picada no dedo, feito através da máquina de medição rápida de glicose, que pode ser encontrada em farmácias e dá o resultado na hora.

Não é preciso fazer jejum para este teste, pois o resultado é positivo se for maior que 200 mg/dl, devendo ser confirmado por um exame de sangue.

Teste da hemoglobina glicada
O teste da hemoglobina glicada é feito a partir do exame de sangue normal, e os seus resultados são:

Normal: menor do que 5,7%;
Risco de diabetes: entre 5,7 e 6,5 %;
Diabetes: maior do que 6,5 %.
A hemoglobina glicada também pode ser usada para avaliar a melhora ou piora da doença, e quanto maior o valor, maior a sua gravidade e o risco de complicações.

Teste de tolerância à glicose
Durnate o teste de tolerância à glicose, deve-se tomar um líquido que contém glicose e após 2 horas uma amostra de sangue é recolhida para fazer a medição. Os resultados deste teste podem ser:

Normal: menor do que 140 mg/dl;
Risco de diabetes: entre 141 e 199 mg/dl;
Diabetes: maior do que 200 mg/dl.
De acordo com o resultado do exame, deve-se iniciar o tratamento para controlar a doença.

Teste da hemoglobina glicada
O teste da hemoglobina glicada é feito a partir do exame de sangue normal, e os seus resultados são:

Normal: menor do que 5,7%;
Risco de diabetes: entre 5,7 e 6,5 %;
Diabetes: maior do que 6,5 %.
A hemoglobina glicada também pode ser usada para avaliar a melhora ou piora da doença, e quanto maior o valor, maior a sua gravidade e o risco de complicações.

Quem deve fazer esses exames
É aconselhado que todas as pessoas que apresentem sintomas de diabetes façam os exame para confirmar a doença, assim como mulheres grávidas, para prevenir complicações ligadas ao excesso de açúcar no sangue durante a gestação.

Além disso, pessoas que estão perdendo muito peso sem motivo aparente, especialmente crianças e adolescentes, também precisam fazer testes de glicemia para diagnosticar a possibilidade de diabetes tipo 1.

Por fim, é importante lembrar que todos os diabéticos devem realizar os exames regularmente para ter um melhor controle da doença.

Dr. Arthur Frazão, Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *