Saúde

O Que é Diabetes? Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista do Exercício"> <span class="entry-title-primary">O Que é Diabetes?</span> <span class="entry-subtitle">Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista do Exercício</span>

O Que é Diabetes? Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista do Exercício

O QUE É DIABETES Diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina ou não consegue utilizar adequadamente a insulina que produz. A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas que controla a quantidade de glicose no sangue. O corpo precisa desse hormônio para utilizar a glicose, que obtemos por meio dos alimentos, como fonte de energia. Portanto, quando a pessoa tem diabetes, a glicose no sangue aumenta, fato que poderá trazer danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos. PÂNCREAS O pâncreas Continue lendo

Diabetes na Terceira Idade Dr. Luis Carlos Casseb Filho – Médico Endocrinologista"> <span class="entry-title-primary">Diabetes na Terceira Idade</span> <span class="entry-subtitle">Dr. Luis Carlos Casseb Filho – Médico Endocrinologista</span>

Diabetes na Terceira Idade Dr. Luis Carlos Casseb Filho – Médico Endocrinologista

No Brasil aproximadamente 73% dos pacientes portadores de diabetes tipo 2 apresentam mal controle glicêmico! Nossa missão como médicos é melhorar esta realidade, através de estratégias educacionais e novas abordagens medicamentosas. O diabetes senil, típico da terceira idade, tem fisiopatologia menos complexa que o diabetes tipo  2 clássico, portanto muito mais fácil de se alcançar controle. Quando for tratar um paciente diabético sempre pense em drogas que sejam bem toleradas, de fácil posologia, que não causem ganho de peso e principalmente que não provoquem hipoglicemia. Continue lendo

Obesidade Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista"> <span class="entry-title-primary">Obesidade</span> <span class="entry-subtitle">Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista</span>

Obesidade Dr. Sérgio Camarda - Fisiologista

A obesidade é uma condição médica caracterizada por acumulação excessiva de gordura corporal, que traz diversos prejuízos para a saúde. Indicadores apresentados pelo Ministério da Saúde mostram que, nos últimos 10 anos, a prevalência da obesidade no Brasil aumentou em 60%, passando de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016. O excesso de peso também subiu de 42,6% para 53,8% no período. Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), com base em Continue lendo